Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12144
Tipo do documento: Tese
Título: A influência da inovação no desempenho das firmas no Brasil
Autor: Shimizu, Ullisses Kazumi
Primeiro orientador: Basso, Leonardo Fernando Cruz
Primeiro membro da banca: Forte, Denis
Segundo membro da banca: Carvalho, Ruy de Quadros
Terceiro membro da banca: Chela, João Luiz
Quarto membro da banca: Kimura, Herbert
Resumo: A inovação vem sendo considerada o motor das grandes evoluções que o capitalismo tem alcançado, e sob essa égide, este trabalho tem o objetivo de avaliar a relação de causalidade entre a inovação das firmas brasileiras e seu desempenho. O estudo deste tema justifica-se pela relevância do tema no meio acadêmico nacional e internacional, e também pela necessidade de se fazer um estudo que levasse em consideração tanto Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs), quanto grandes empresas, além de analisar exploratoriamente o setor de serviços recentemente (2005) incluído na Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC). Cruzamos os CNPJ s (cadastro nacional da pessoa jurídica) da PINTEC com aqueles constantes na Pesquisa Industrial Anual PIA e na Pesquisa Anual de Serviços PAS, e criamos variáveis para medir sete construtos: Atividade Inovativa, Atividade Interna de P&D, Cooperação para Inovação, Apoio do Governo, Patentes e Meios de Proteção, Inovações Organizacionais e de Marketing e Desempenho. As três pesquisas utilizadas são realizadas periodicamente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Utilizamos a análise fatorial exploratória com o intuito de agregar variáveis afins e o modelo de equações estruturais, para a criação de modelos que possam explicar melhor a relação entre inovação e desempenho. Constatamos a existência de uma relação entre a inovação e o resultado do processo de inovação medida pela variável latente impacto das inovações , formada por iivli (participação das vendas de novos produtos em relação às vendas da empresa) e iiexp (participação das exportações de novos produtos em relação às vendas da empresa), que nos modelos convergentes foi da ordem de 40%. Porém a relação entre inovação e desempenho (mensurado pela margem e lucratividade) não foi corroborada.
Abstract: The innovation has been considered the engine of the major developments that capitalism has reached, and under this umbrella, this study aims to evaluate the causal relationship between innovation of Brazilian firms and their performance.The study of this subject is justified by the importance of the topic in academia, nationally and internationally, and also by the need to do a study that took into account both Micro, Small and Medium Enterprises (MSMEs), as large companies, in addition to analyzing the new service sector recently (2005) included in Technological Innovation Research (PINTEC).We crossed the CNPJs (national registry of legal companies) at PINTEC with those contained in the Annual Industrial Survey - PIA and the Annual Services Survey - PAS, and create variables to measure seven constructs: Innovative Activity, R&D Internal Activity, Innovation Cooperation, Government Support, Patent and other Protection Machanisms, Organizational and Marketing Innovation, and Performance.The three surveys are periodically conducted by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). We used exploratory factor analysis in order to aggregate related variables and structural equation modeling, to create models that can better explain the relationship between innovation and performance. We note the existence of a relationship between innovation and the result of the innovation process latent variable measured by the "impact of innovations", formed by iivli (share of sales of new products related to sales of the company) and iiexp (share of exports of new products in relation to sales of the company), in the converged models, the inpact was approximately 40%.However, the relationship between innovation and performance (measured by profitability and margin) was not supported.
Palavras-chave: inovação;  PINTEC;  desempenho;  modelo de equações estruturais;  innovation;  innovative effort;  performance;  structural equation model
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/794
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12144
Data de defesa: 23-Abr-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/794/1/Ullisses%20Kazumi%20Shimizu.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.