Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12115
Tipo do documento: Tese
Título: Análise dos fatores determinantes para escolha da forma de investimento em crescimento orgânico e crescimento inorgânico nas indústrias brasileiras no período de 1995 a 2008
Autor: Morozini, João Francisco
Primeiro orientador: Martin, Diógenes Manoel Leiva
Primeiro membro da banca: Kayo, Eduardo Kazuo
Segundo membro da banca: Savoia, José Roberto Ferreira
Resumo: Da perspectiva da firma, desinvestimentos são maneiras alternativas para contrair limites,assim como aquisições, alianças, joint ventures e crescimento orgânico são maneiras para expandi-las. Embora pesquisadores tenham dado considerável atenção para as motivações econômicas que levam às aquisições, o que realmente se leva em conta no momento da decisão sobre fazer ou não a aquisição (Timing of acquisitions,) ainda é relativamente pouco estudado. Várias pesquisas nacionais e internacionais têm tratado de Fusões e Aquisições sob a perspectiva de análise de desempenho e criação de valor e do crescimento da firma. Pesquisas concentram-se em questões relacionadas com a estratégia para o crescimento orgânico, ressaltando aquelas refletidas nas experiências da Siemens, UPS, The Home Depot, e SYSCO. A partir disso, o objetivo desta tese é evidenciar os fatores que influenciam na escolha da forma de investimento no crescimento das indústrias brasileiras,ou seja, investimento em crescimento orgânico ou em crescimento inorgânico. Para responder o problema de pesquisa proposto nesta tese utilizou-se como método de pesquisa:quanto aos objetivos, o método desenvolvido foi o descritivo e o explicativo; quanto aos procedimentos, a pesquisa foi documental; e quanto à abordagem do problema, foi quantitativa. O problema de pesquisa a ser respondido nesta tese é: Existem fatores considerados determinantes para escolher entre investimento em crescimento orgânico e investimento em crescimento inorgânico como alternativa de expansão das empresas? A população da pesquisa é composta 93 indústrias brasileiras de capital aberto, analisadas no período de 1995 a 2008, com dados secundários, obtidos no Economática. Para testar as oito hipóteses deste estudo utilizaram-se dois modelos econométricos de regressão: O primeiro com Painel Binomial de Dados estático e não balanceado, com dados de corte transversal,com os modelos de efeito fixo, aleatório e Pooled. O segundo foi o Logit Multinomial. Os testes a partir deste modelo revelaram que estatisticamente as variáveis exógenas que apresentaram significância foram pela ordem: Fol_Fin (folga financeira) e Log_Ven (logarítimo das vendas) ao nível de 5% de significância, e sinal do coeficiente positivo no Painel Binomial de Dados; Log_Ven (logarítimo das vendas), Fol_Fin (folga financeira), com sinal do coeficiente positivo e ao nível de 5% de significância e Gr_Rent (grau de rentabilidade) com sinal do coeficiente negativo ao nível de 5% de significância. Os resultados desta pesquisa em termos gerais contribuem para elucidar a questão proposta inicialmente, oferecendo evidências empíricas da relação de alguns fatores que podem ser determinantes para a escolha da forma de investimento em crescimento orgânico ou inorgânico. Portanto, conclui-se que realmente existem fatores que determinam ou direcionam qual decisão sobre a forma de investimento em crescimento nas indústrias brasileiras.
Abstract: From the perspective of the firm, divestitures are alternative ways to contract limits, as well as acquisitions, alliances, joint ventures and organic growth are ways to expand them. Although researchers have given considerable attention to the economic motivations that lead to acquisitions, which really takes into account when making decision on the purchase or not (Timing of acquisitions,) is still relatively little studied. Several investigations have dealt with national and international M & A from the perspective of performance analysis and value creation and growth of the firm. Research focuses on issues related to the organic growth strategy, highlighting those reflected in the experiences of Siemens, UPS, The Home Depot, and SYSCO. From this, the objective of this thesis is to highlight the factors that influence the choice of form of investment in the growth of Brazilian industry, namely investment in organic growth or inorganic growth. To answer the research problem proposed in this thesis was used as a research method: the aims, the developed method was descriptive and explanatory, the procedures, the research was documentary, and how to address the problem, was quantitative. The research problem to be answered in this thesis is: There are factors considered crucial to choose between investment in organic growth and inorganic growth in investment as an alternative to business expansion? The survey consists of 93 publicly traded Brazilian companies, analyzed in the period 1995 to 2008, with secondary data obtained from Economática. To test the eight hypotheses of this study used two econometric models of regression: The first panel Binomial Data with static and unbalanced, with cutting data transverse with fixed effect models, random and Pooled. The second was the Multinomial Logit. The tests from this model revealed that the statistically significant exogenous variables that were presented in the order: Fol_Fin (financial slack) and Log_Ven (logarithm of sales) at the 5% significance and positive sign of the coefficient Binomial Panel Data; Log_Ven (logarithm of sales), Fol_Fin (financial slack), with positive sign of the coefficient and the 5% level of significance and Gr_Rent (level of profitability) with negative sign of the coefficient at the 5% significance level. These results in general contribute to elucidate the question as originally proposed, providing empirical evidence of the relationship of some factors that may be decisive for the choice of form of investment in organic growth or inorganic. Therefore, we conclude that there really are factors that determine what decision or direction on how to invest in growth in Brazilian industry.
Palavras-chave: crescimento orgânico;  crescimento inorgânico;  aquisições;  painel binomial de dados;  logit multinomial;  forma de crescimento;  growth organic;  inorganic growth;  acquisitions;  binomial panel data;  multinomial logit;  shape growth
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/765
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12115
Data de defesa: 8-Nov-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/765/1/Joao%20Francisco%20Morozini.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.