Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12104
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBoaventura Filho, Pedro Araújo-
dc.date.accessioned2016-05-23T16:20:47Z-
dc.date.accessioned2016-07-19T22:30:44Z-
dc.date.available2016-07-19T22:30:44Z-
dc.date.issued2015-02-06-
dc.identifier.citationBOAVENTURA FILHO, Pedro Araújo. Brutalismo em Fortaleza: reconhecimento da Arquitetura Institucional e sua expressăo. 2015. [190 f.]. Dissertação ( Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, [Fortaleza] .por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2788-
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12104-
dc.description.abstractIn the early 1970s, the modern architecture of Fortaleza, following the general movement of Brazilian architecture, showed conceptual inflections, echoing changes that had already been going on since the late '50s. initially located in São Paulo and soon spread to other regions such diverse experiences were later grouped under the label of Brutalism. This work aims to understand and analyze the brutalist architecture that happened in Fortaleza between 1970 and 1988, focusing on the institutional works, because it was felt that this universe, the importance of customers (federal and state institutions) and symbolic values and level of investment, have size and social resonance front to the ‘style’. From the recognition of twenty-four major works of the period, developed a report of buildings, main research instrument, from which cross analysis and categorizations were developed in order to identify the quality and characteristics of its architecture, its relations with the national scene. The ultimate aim is to recognize his expression and pointing out that the Fortaleza’s Brutalist architecture has not developed a local expression, to a set of practices and unique processes that distinguish it in the rest of the country.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectBrutalismopor
dc.subjectFortaleza (CE)por
dc.subjectArquitetura institucionalpor
dc.titleBrutalismo em Fortaleza: reconhecimento da arquitetura Institucional e sua expressăopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)por
dc.publisher.programArquitetura e Urbanismopor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMOpor
dc.description.resumoNo inicio da década de 1970, a arquitetura moderna de Fortaleza, acompanhando o movimento geral da arquitetura brasileira, desenvolveu inflexões projetuais, ecoando mudanças que já vinham acontecendo desde o final dos anos 50. Localizadas inicialmente em São Paulo e logo disseminadas para outras regiões, tais experiências de cunho diverso foram posteriormente agrupadas sob o rótulo de Brutalismo. Este trabalho pretende conhecer e analisar a arquitetura dita brutalista que aconteceu em Fortaleza entre 1970 e 1988, enfocando as obras institucionais, pois se considerou que esse universo, pela importância dos clientes (instituições federais e estaduais), valores simbólicos e níveis de investimento teria porte e ressonância social. A partir do reconhecimento de vinte e quatro obras importantes do período, foi elaborado um Roteiro-fichamento, principal ferramenta da pesquisa, a partir do qual análises críticas referenciadas e categorizações foram desenvolvidas com o intuito de identificar a qualidade, as características e as relações dessa arquitetura com o cenário nacional. O intuito final é reconhecer sua expressão e apontar que a arquitetura Brutalista de Fortaleza não desenvolveu uma expressão local no sentido de um conjunto de práticas e processos originais que a distingam do que se fazia no restante do pais .por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7775759941008021por
dc.contributor.advisor1Zein, Ruth Verde-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8375309081976653por
dc.contributor.referee1Bastos, Maria Alice Junqueira-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1714427552948865por
dc.contributor.referee2Lima, Ana Gabriela Godinho-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2010070403291740por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/10573/Pedro%20Araujo%20Boaventura%20Filho.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2788/5/Pedro%20Araujo%20Boaventura%20Filho.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons