Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12052
Tipo do documento: Dissertação
Título: O sonho do morar coletivo: ideologias e projetos modelares
Autor: Artigas, Julio Camargo
Primeiro orientador: Perrone, Rafael Antonio Cunha
Primeiro membro da banca: Magalhães Júnior, José
Segundo membro da banca: Dente, Edgar Gonçalves
Resumo: O presente trabalho estuda as ideologias que envolvem a arquitetura desde o Século XIX, no que contempla a habitação de valor de mercado compatível com o salário das classes proletárias, como contribuíram e de que forma para estabelecer a intensidade e a amplitude das suas variadas soluções. As idéias sobre as cidades e a Urbanização, através de uma, perspectiva materialista, permite compreender a relação entre o conteúdo político expressos através do poder da classe hegemônica de uma dada sociedade e seus continentes espaciais implantados, o modo de localizar o habitat, formas diferentes de habitação e de equipamentos de infraestrutura, um modo de apropriação do espaço e de implantação nesse espaço de atividades voltadas à produção e para a existência humana. O primeiro objeto de estudo é O Familistério de Guise a união cooperativa entre o capital e o trabalho - idéia - proposta da utopia social de Charles Fourier seguido pelo grande período especulativo construtivista da arquitetura moderna na URSS no curto período entre 1925 e 1932, que buscava também a construção de um novo homem, que no campo da produção arquitetônica teve muitas de suas realizações reproduzidas em outros contextos por serem soluções de qualidade e interesse. Em seguida a forma de expressão da cidade, das intervenções sobre estas, representadas pelos conceitos de economicidade social implantados nas cidades de Frankfurt e Berlin no período da República de Weimar, na Alemanha entre 1926 e 1933, secundado pela Áustria e a política residencial na Viena Socialista de 1919 até 1933, concluído-se com a proposta da Unidade Habitacional de Tamanho Adequado de Marselha,por Le Corbusier epítome da reconstrução da França no pós guerra, a partir de 1945. A segunda parte do trabalho discute a repercussão desse ideário no Brasil a partir da década de 50 concentrando-se as discussões sobre a solução proposta para as superquadras de Brasília, enquanto proposta urbanística de Lúcio Costa e o Conjunto Habitacional de Cumbica de Vilanova Artigas, Fábio Penteado e Paulo Mendes da Rocha, destinado após operários sindicalizados da região metropolitana de São Paulo. Ao longo do trabalho, desenvolvido em duas partes, serão estudados e discutidos alguns projetos modelares que representam os conteúdos ideológicos estudados e como estes transparecem na vida social e nos espaços edificados na busca da realização arquitetônica do sonho do morar coletivo.
Abstract: This monograph studies dwellings built and inhabited by their users and the ideologies involved in their architectural concept since the XIX century are discussed. Housing which have market value compatible with the proletariat s income is also considered and how these works contributed to the establish social contact and the variety of interpretation of the extent of various solutions. Firstly we endeavor to understand, from a materialistic point of view, how ideas of cities and urbanization help to understand of the relationship between the political concepts expressed in the power of the hegemonic social class and its implanted special continents, the habitat sites, different forms of habitations and infrastructure facilities, the appropriation of space and implantation in these spaces of collective living and productive activities. The first object under scrutiny is The Familisterio de Guise a cooperative union of capital and labour an idea proposed in Charles Fourier s social utopia , followed by the great speculative period of the constructivism of modern Architecture in the USSR during the short period between 1925 and 1932, which also idealized the construction of a new man. Many of these architectonic products have been reproduced in other contexts due to the their quality and universal interest. Next, the form of expression of the city and interventions, represented by the social economicity implanted in Frankfurt and Berlin during the Weimar Republic in Germany between 1926 and 1933, supported by Austria and the housing policy in the Socialist Vienna from 1919 to 1933, finalising with the pioneer proposal Housing Unit of Adequate Size in Marselha designed by Le Corbusier, the epitome of the rebuilding of post-war France, from 1945 onwards. The second part of this work discusses the repercussion of these European ideas and their interpretations in Brazil, starting in the 1950 s, concentrating the analysis on the solutions proposed in the superquadras in Brasilia, Lucio Costa s urban proposal, and the Housing complex of Cumbica in Guarulhos, São Paulo, designed by Vilanova Artigas, Fábio Penteado and Paulo Mendes da Rocha for the housing of trade union member workers living in the São Paulo metropolitan area. Throughout this work, written in two parts, we will discuss some archetypal projects which represent the ideological contents and how they are expressed in the social life and build spaces, in search of the architectural realization of the dream of collective living.
Palavras-chave: ideologia;  urbanismo;  moradia coletiva;  ideology;  urbanism;  collective living
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: ARTIGAS, Julio Camargo. O sonho do morar coletivo: ideologias e projetos modelares. 2007. 297 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2607
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12052
Data de defesa: 24-Mai-2007
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/1/Julio%20Camargo%20Artigas1.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/2/Julio%20Camargo%20Artigas2.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/3/Julio%20Camargo%20Artigas3.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/4/Julio%20Camargo%20Artigas4.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/5/Julio%20Camargo%20Artigas5.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/6/Julio%20Camargo%20Artigas6.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/7/Julio%20Camargo%20Artigas7.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/8/Julio%20Camargo%20Artigas8.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/9/Julio%20Camargo%20Artigas9.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/10/Julio%20Camargo%20Artigas10.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/11/Julio%20Camargo%20Artigas11.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/12/Julio%20Camargo%20Artigas12.pdf
http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2607/13/Julio%20Camargo%20Artigas13.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.