Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11987
Tipo do documento: Dissertação
Título: Luís Saia e o restauro do sítio Santo Antônio : diálogos modernos na conformação arquitetônica paulista
Autor: Sombra Junior, Fausto Barreira
Primeiro orientador: Guerra Neto, Abílio da Silva
Primeiro membro da banca: Santos, Cecilia Helena Godoy Rodrigues dos
Segundo membro da banca: Pinheiro, Maria Lúcia Bressan
Resumo: Imerso no ideal modernista nacional do segundo quartel do século 20, em meados da década de 1930, ainda como estudante do curso de engenheiro-arquiteto pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Luís Saia iniciou sua intensa produção prática e intelectual relacionada ao estudo, defesa e intervenção do patrimônio material. Esse trabalho se deu ao lado de importantes figuras como: Dina Lévi-Strauss, Mário de Andrade, Rodrigo Mello Franco de Andrade e Lúcio Costa, além do contato com outras tantas personalidades relacionadas à prática e teoria arquitetônica, como: João Batista Vilanova Artigas, Eduardo Kneese de Mello, Lina Bo Bardi, Nestor Goulart Reis Filho, entre outros. Com base nesse breve contexto, a presente pesquisa busca, preliminarmente, identificar e apresentar as mais relevantes temáticas atreladas ao perfil profissional do arquiteto paulista, no sentido de uma análise mais abrangente e horizontal de sua obra. Em seguida, nos acercaremos às ações empreendidas por Luís Saia no monumento conhecido como Sítio Santo Antônio situado na cidade de São Roque São Paulo, por meio de um estudo mais atento às questões que envolveram a restauração desse paradigmático monumento rural do século 17, nos permitindo vislumbrar e esclarecer, com trechos extraídos dos ofícios e documentos existentes, parte dos diálogos empreendidos entre importantes nomes e personalidades envolvidas nesse projeto, destacando a presença do pensamento e das ideologias modernas que auxiliaram a fomentar o debate acerca do patrimônio arquitetônico paulista e nacional.
Abstract: Immersed in Brazil s modernist ideal of the second quarter of the 20th century, in the mid-1930s, Luís Saia began his intense practical and intellectual production on the study, defense and contribution to the country s material heritage while still a student in the engineering and architectural degree course at the Polytechnic School of the University of São Paulo. This work was undertaken alongside respected figures, such as: Dina Lévi-Strauss, Mário de Andrade, Rodrigo Mello Franco de Andrade and Lúcio Costa, in addition to the impact and influence of other well-known characters in architectural practice and theory, including: João Batista Vilanova Artigas, Eduardo Kneese de Mello, Lina Bo Bardi and Nestor Goulart Reis Filho, among others. Starting with this brief context, this paper first aims to identify and present the topics of most relevance to the São Paulo-based architect s professional trajectory taking an encompassing, horizontal approach to his work. There is then a closer look at the actions Saia carried out for the monument titled Sítio Santo Antônio, located in the city of São Roque, through a detailed study of the issues regarding the restoration of this paradigmatic, rural monument from the 17th century that allows the detection and deeper understanding, from excerpts of existing documents and official letters, of part of the dialogues held between the important figures involved in the project. There is a focus on the modern thinking and ideologies that helped encourage the debate surrounding the architectural heritage in the state of São Paulo and at the national level.
Palavras-chave: Luís Saia;  diálogos modernos;  arquitetura paulista;  restauração;  Sítio Santo Antônio;  Luís Saia;  modern dialogues;  paulista architecture;  restoration;  Sítio Santo Antônio
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::FUNDAMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO::HISTORIA DA ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: SOMBRA JUNIOR, Fausto Barreira. Luís Saia e o restauro do sítio Santo Antônio : diálogos modernos na conformação arquitetônica paulista. 2015. 284 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/374
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11987
Data de defesa: 26-Fev-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/374/1/Fausto%20Barreira%20Sombra%20Junior.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.