Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11945
Tipo do documento: Dissertação
Título: O desenho como forma de comunicação da arquitetura
Autor: Martins, Cláudia Alonso
Primeiro orientador: Perrone, Rafael Antonio Cunha
Primeiro membro da banca: Alonso, Carlos Egídio
Segundo membro da banca: Amorim, Anália Maria Marinho de Carvalho
Resumo: Arquitetos desenham para apresentar seus projetos. Ao demonstrar, por meio de experimentos gráficos seus projetos, eles percorrem várias formas de representação derivadas de ferramentais e sistemas geométricos. Seus procedimentos recorrem a diversos ferramentais e suportes e produzem diferentes representações. As respostas às questões de como os arquitetos apresentam seus projetos é o eixo condutor deste estudo. O objetivo é alcançar respostas para as inquietações que permeiam a representação comunicada e elaborada por meio do desenho de arquitetura. Compreender e aprender os desenhos utilizados pelos arquitetos como forma de reflexão e comunicação. Os modos pelos quais o desenho opera a arquitetura e o urbanismo são formas de reflexão e pensamento. No caso da arquitetura são os meios de criação do objeto e de sua comunicação, que possibilitam sua concretização ou construção. Também podem ser utilizados registros mais abstratos como esquemas, tabelas, figuras ou diagramas que permitem outras estratégias de procedimento e comunicação. Ao tratar de modos contemporâneos de apresentação de projetos e tendo como objeto projetos significativos da contemporaneidade, elegeram-se para este estudo três projetos representativos de diferentes épocas, a saber: o Parc de La Villette, em Paris, França, de Bernard Tschumi (1983), o centro de estudantes McCormick Tribune Campus Centre no Illinois Institute of Technology, em Chicago, EUA, de OMA/Rem Koolhaas (2003) e o conjunto multiuso 8House, em Ørestad, Dinamarca, do B.I.G. Bjarke Ingles Group (2010). Por meio da leitura atenta destes projetos em paralelo com o discurso destinado às representações dos mesmos pelos seus autores e, compreendendo e utilizando mecanismos gráficos para interpretação, este trabalho estudou como eles intencionaram apresentar suas propostas e os procedimentos do desenho que se utilizaram para este fim. Os desenhos foram analisados procurando aprofundar todos os elementos e os processos que intervêm na determinação e comunicação do dado representado.
Abstract: Architects draw to present their projects. To demonstrate, through experiments charts their projects, they run through several forms of representation derived from geometric systems and tooling. Their procedures resort to various tooling and supports, and produce different representations. The answers to the questions of how the architects present their projects are the guiding thread of this study. The goal is to achieve answers to the problems that permeate the communicated representation and elaborate through the design of architecture. Understand and learn the drawings used by architects as a means of reflection and communication. The ways in which the design operates architecture and urbanism are forms of reflection and thought. In the case of architecture are the means of object creation and communication that enable its implementation or construction. Other abstract records can also be used as schemas, tables, figures or diagrams that allow other procedural and communication strategies. When dealing with contemporary modes of presentation of projects and having as object significant projects of contemporary, were elected for this study three projects representing different periods, namely: the Parc de La Villette, Paris, France, Bernard Tschumi (1983), the McCormick Tribune Campus Center at the Illinois Institute of Technology in Chicago, USA, OMA / Rem Koolhaas (2003) and the 8House in Ørestad, Denmark, the BIG Bjarke Ingles Group (2010). Through close reading of these projects in parallel with the speech intended to representations of the same by their authors, and by understanding and using graphics engines for interpretation, this work studied how they were intended to present their proposals and procedures of design that were used for this purpose . The drawings were analyzed seeking to deepen all the elements and processes involved in the determination and communication of data represented.
Palavras-chave: desenho;  representação grafica;  projeto;  drawing;  grafic representation;  design
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/325
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11945
Data de defesa: 4-Fev-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/325/1/Claudia%20Alonso%20Martins.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.