Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11938
Tipo do documento: Dissertação
Título: O papel da microacessibilidade na mobilidade urbana: o caso da estação de trem Santo Amaro na cidade de São Paulo
Autor: Baiardi, Yara Cristina Labronici
Primeiro orientador: Alvim, Angélica Aparecida Tanus Benatti
Primeiro membro da banca: Castro, Luiz Guilherme Rivera de
Segundo membro da banca: Nigriello, Andreína
Resumo: Entender a mobilidade urbana sustentável em grandes cidades requer uma análise que vá além da visão da engenharia de tráfego e da circulação de veículos nas vias. E, frente ao aumento dos desafios da mobilidade, o tema vem sendo amplamente debatido na sociedade. Nesse sentido, a partir do estudo de caso da Estação de trem Santo Amaro da Linha 9 (localizada paralelamente ao Rio Pinheiros) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos CPTM, procura-se compreender a microacessibilidade dessa estação articulada com os diferentes modos de transporte. Parte-se da premissa de que apesar da modernização recente dos equipamentos das linhas de trem, assim como da integração tarifária entre ônibus, metrô e trem, a microacessibilidade às estações de trem é ainda ineficaz, independentemente do modo pelo qual o usuário acessa a estação; reduzindo, portanto, o potencial de atração das estações (que representam um nó diante da rede metropolitana) e da legibilidade na intermodalidade no espaço público. O percurso metodológico proposto no trabalho tem caráter exploratório, com abordagens qualitativas, baseadas em estudo de caso. Assim, foi realizado um levantamento de campo cujos resultados foram sintetizados numa matriz analítica para posterior indicação de possíveis melhorias quanto aos diferentes papéis que o cidadão desempenha durante o seu locomover pela cidade ora pedestre, ora ciclista, ora usuário do sistema público, ora ainda motorista. Este estudo busca então contribuir para a discussão da melhoria da microacessibilidade do entorno de equipamentos públicos de referência na mobilidade urbana, a fim de que possa vir a ocorrer a articulação eficaz entre os sistemas de transporte e o território urbano, ampliando assim a qualidade do direito de ir e vir dos cidadãos.
Abstract: Understanding urban mobility in large cities requires an analysis that goes beyond the vision of traffic engineering and vehicle traffic on the streets. And, facing the rise of the challenges of mobility, the issue has been widely debated in society. In this sense, from the case study of Santo Amaro Train station of Line 9 (located alongside the Pinheiros River) of Companhia Paulista de Trens Metropolitanos - CPTM, we seek understand the microaccessibility of this station combined with the different modes of transport. We start from the hypothesis that despite the recent modernization of the railway equipment, as well as the tariff integration between bus, subway and train, the microaccessibility at train stations is still ineffective, regardless of the mode by which the users access the station, thereby reducing the potential for attraction of the stations (representing a node on the metropolitan network), as well as the inefficiency of legibility in intermodality in public space. The methodological approach proposed in the study is exploratory, with qualitative approaches, based on a case study. So, was made a field survey whose results were summarized in a analitycal matrix for further indication of possible improvements about the different roles that the citizen plays during his around the city - sometimes pedestrian, sometimes cyclist, sometimes user of system public, sometimes even driver. This study aims to contribute to the discussion of improving microaccessibility around the public reference facilities in urban mobility, so that may come to occur effective linkage between transportation systems and urban territory, thereby expanding the quality of law comings and goings of citizens.
Palavras-chave: mobilidade urbana;  microacessibilidade urbana;  intermodalidade;  espaço público;  estação de trem Santo Amaro;  urban mobility;  urban microaccessibility;  intermodality;  public space;  Santo Amaro train
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: BAIARDI, Yara Cristina Labronici. O papel da microacessibilidade na mobilidade urbana: o caso da estação de trem Santo Amaro na cidade de São Paulo. 2013. 161 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/316
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11938
Data de defesa: 29-Jan-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/316/1/Yara%20Cristina%20Labronici%20Baiardi.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.