Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11935
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vila Carioca, dos anos 20 à atualidade: um estudo da contaminação do solo na cidade de São Paulo
Autor: Pereira, Thalita Nayara da Cunha
Primeiro orientador: Mota, Carlos Guilherme Santos Serôa da
Primeiro membro da banca: Flynn, Maria Helena de Moraes Barros
Segundo membro da banca: Alvim, Angélica Aparecida Tanus Benatti
Resumo: A implantação da indústria na cidade de São Paulo é um fenômeno que teve origem na segunda metade do século XIX. Os recursos tecnológicos e sistemas de produção adotados nesse mais de um século de industrialização resultaram em passivos ambientais que somente agora vêm sendo devidamente avaliados. A localização das áreas contaminadas nas várzeas do Rio Tamanduateí e ao longo das estradas de ferro reflete a história de ocupação do território paulista. Deste modo, 41,31% das 4.131 áreas atualmente diagnosticadas como contaminadas pela CETESB estão localizadas na Região Metropolitana de São Paulo, com destaque para a capital paulista, que concentra cerca de 31,17% um terço do total. Um grande exemplo da consequência dessa expansão da malha urbana e escalada industrial é a Vila Carioca, no bairro do Ipiranga, que teve como maior agravante em sua área a empresa Shell do Brasil que, com pequenos vazamentos ao longo dos anos e práticas operacionais pouco cuidadosas, lançou contaminantes no solo e águas subterrâneas, atingindo também terrenos vizinhos. A presença de impactos ambientais é um aspecto que vem ganhando relevância nas discussões sobre os modelos de alteração dos centros urbanos. Para as áreas urbanas anteriormente ocupadas por atividades industriais, faz-se necessário o desenvolvimento de políticas públicas específicas de intervenção. A retomada da atenção para essas áreas associa-se à necessidade de requalificação dos espaços urbanos degradados e da contenção do espraiamento irracional e sem planejamento responsável das cidades, cujas consequências refletem nos planos econômico, social, sanitário e ambiental. Desta forma, é imprescindível a análise e compreensão de como se dá a relação entre a população e o ambiente urbano, estilos de vida, padrões de produção e consumo para a avaliação e minimização de riscos.
Abstract: The deployment of the industry in São Paulo city is a phenomenon that originated in the second half of the nineteenth century. The technological resources and production systems adopted in more than a century of industrialization has resulted in environmental damage only now being properly assessed. The contaminated place in the floodplains of Tamanduateí river and along the railways - reflects the history of occupation of the territory of São Paulo. Thus, 41.31% of the 4131 areas currently diagnosed as contaminated by CETESB are located in the Metropolitan Region of São Paulo, especially the state capital, which holds approximately 31.17% - a third of the total. A great example of the consequence of the urban industrial expansion is Vila Carioca, Ipiranga s neighborhood, which was aggravated due to the Shell Company of Brazil, with small leaks over the years and careless operating practices, released contaminants in soil and groundwater, affecting neighboring land. The presence of environmental impacts is one aspect that has gained prominence in the discussions on models of change in urban centers. For urban areas previously occupied by industrial activities, it is necessary to develop specific public policy intervention. The recovery of attention to these areas is associated with the need for requalification of degraded urban areas and to curb the spreading irrational and irresponsible planning of cities, the consequences reflected in the economic, social, health and environment. Thus, it is essential to analysis and understanding how is the relationship between population and the urban environment, lifestyles, standards of production and consumption to assess and minimize risks.The implantation of the industry at São Paulo city is a phenomenon raised on the second half in the 19th century. The technologies sources and productions systems adopted in this period resulted in environmental liabilities that only now it has been correctly analyzed.
Palavras-chave: contaminação do solo;  riscos à saúde;  remediação;  Vila Carioca;  soil contaminated;  heath risks;  remediation;  Vila Carioca
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/312
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11935
Data de defesa: 9-Ago-2012
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/312/1/Thalita%20Nayara%20da%20Cunha%20Pereira.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Dissertação – FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.