Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11879
Tipo do documento: Tese
Título: A dispersão urbana e habitação popular em Teresina-PI
Autor: Melo, Constance de Carvalho Correia Jacob
Primeiro orientador: Bruna, Gilda Collet
Primeiro membro da banca: Alvim, Angélica Aparecida Tanus Benatti
Segundo membro da banca: Vizioli, Simone Helena Tanoue
Terceiro membro da banca: Bógus, Lucia Maria Machado
Quarto membro da banca: Jorge, Paula Raquel da Rocha
Resumo: Trata-se de um estudo sobre a composição do tecido urbano de Teresina, a forma como tem se dado, seu modelo de ocupação e uso do solo quando na operacionalização de políticas habitacionais. Discute-se a dispersão urbana e de baixa densidade que caracteriza, fortemente, esse processo. As atuais políticas públicas que buscam atender a demanda por habitação, têm induzido a expansão urbana disfuncional com interdependência sócio-espacial, pelo consentimento de construção de grandes conjuntos habitacionais, em regiões cada vez mais distantes da cidade consolidada. E dessa forma, cria áreas distintas dentro do tecido urbano. Esses conjuntos habitacionais chegam a constituir uma população equivalente e, muitas vezes, até mesmo superior, à maioria das cidades do Estado; um processo onde grandes empresas construtoras e incorporadoras assumiram o papel central na política nacional de habitação tornando-se os principais atores deste mercado, exigindo que as política habitacionais do município de Teresina se articulem com o mercado imobiliário, a fim de compatibilizar interesses públicos e privados, e por que não dizer, interesses políticos. Tal quadro está a gerar um grande problema, seja para a comunidade, quando aquela metodologia faz criar um padrão de urbanização excludente (ou disperso) com ausência de serviços e infraestruturas, seja para o município porque se vê às voltas com questões administrativas, estruturais, ambientais e financeiros, porque aqueles empreendimentos desrespeita o planejado e ferem os princípios político-sociais estabelecidos para a expansão da cidade.
Abstract: This is a study on the composition of the urban fabric of Teresina, the way has given its model of occupation and land use when in the operation of housing policies. Discusses the urban and low-density dispersion featuring strongly this process. The current public policies that seek to meet the demand for housing, have led to dysfunctional urban sprawl with socio-spatial interdependence, the building consent of large housing estates in regions more distant from the consolidated city. And thus creates distinct areas within the urban fabric. These housing even constitute an equivalent population and often even superior, to most cities in the state; a process where large construction companies and developers assumed the central role in the national housing policy became the main actors of this market by requiring housing policy of the city of Teresina are linked to the housing market in order to reconcile public and private interests and why not say, political interests. Such a framework is generating a big problem, is for the community, when that methodology does create a pattern of excluding urbanization (or dispersed) with lack of services and infrastructure, either for the city because it is seen grappling with administrative, structural, environmental and financial, because those projects disrespects planned and hurt the political and social principles established for the expansion of the city.
Palavras-chave: dispersão urbana;  habitação popular;  política habitacional;  planejamento urbano;  sustentabilidade;  urban dispersion;  public housing;  housing policy;  urban planning;  sustainability
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: MELO, Constance de Carvalho Correia Jacob. A dispersão urbana e habitação popular em Teresina-PI. 2015. 211 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/491
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11879
Data de defesa: 5-Fev-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/491/1/Constance%20de%20Carvalho%20Correia%20Jacob%20Melo.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Teses - FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.