Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11873
Tipo do documento: Tese
Título: Paradigma ou campo: uma análise da produção acadêmica sobre o processo de projeto
Autor: Stefani, Alessandra Márcia de Freitas
Primeiro orientador: Lima, Ana Gabriela Godinho
Primeiro membro da banca: Biggs, Michael Anthony Royston
Segundo membro da banca: Santos, Cecilia Helena Godoy Rodrigues dos
Terceiro membro da banca: Riccetti, Teresa Maria
Resumo: Esta pesquisa se dá no contexto da FAU-Mackenzie, a partir da experiência da autora como professora de Computação Gráfica no curso de Design, e propõe uma reflexão sobre a discussão acadêmica acerca do impacto das ferramentas digitais no processo de projeto. Tem como objetivo principal identificar fatores presentes no discurso acadêmico, que ajudem a compreender em que medida as ferramentas digitais estão efetivamente moldando um novo paradigma de processo de projeto ou se, em última análise, o que há de novo é a construção de um discurso, que ao configurar e delimitar um campo de pesquisa busca valorizar protagonistas e agentes que na cena tradicional dos discursos acadêmicos acerca do processo de projeto não mereceriam o mesmo destaque. Utiliza como fundamentação teórica as ferramentas de pensamento habitus, campo e capital - tal como construída por Pierre Bourdieu e a noção de transição de paradigmas, definida por Thomas Kuhn, para mapear o campo de pesquisa em projeto e investigar o Modelo de projeto digital apresentado por Rivka Oxman, no texto Theory and Design in the First Digital Age , publicado na revista Design Studies, 2006. A fim de analisar o processo de projeto em âmbito acadêmico, a tese faz um recorte de estudo sobre a produção textual de dois autores considerados referências no campo de pesquisa em projeto - Rivka Oxman e Nigel Cross, que são aqui eleitos como porta-vozes de seus campos e respectivas comunidades científicas. Esta pesquisa teórica baseou-se em um levantamento bibliográfico extenso da produção intelectual publicada pelos autores referenciados e considera tais textos como narrativas e discursos dos autores para ambientar o objeto de estudo processo de projeto digital - no contexto social de sua produção científica e cultural. Entre as contribuições presentes neste estudo estão um quadro de questões sobre as lacunas não respondidas no modelo de projeto digital de Oxman, contribuição que pode servir de base para futuras pesquisas e investigações sobre este tema. Além disso, outra contribuição deste estudo foi a apresentação integral da tradução do texto Theory and Design in the First Digital Age (2006), de Rivka Oxman, que preenche uma lacuna na pesquisa em projeto digital no Brasil, já que existem poucos textos traduzidos desta produção acadêmica.
Abstract: This research takes place in the context of FAU-Mackenzie and from the author's experience as Computer Graphic Professor of Designer, who proposes a reflection on the academic discussion about the impact of digital tools in the design process. Having as main objective to identify factors in academic discourse to help understanding in what extent digital tools are effectively shaping a new paradigm or if what is new lately is the construction of a discourse configuring and defining a research field aiming to add value to players and agents who would not deserve within the scene of traditional academic discourses the same spotlight in design process. It uses as theoretical foundation Pierre Bourdieu´s thinking tools - habitus, field and capital - as well as the notion of paradigm shift by Thomas Kuhn in order to map design research field and to investigate the digital design model presented by Rivka Oxman in her article Theory and Design in the First Digital Age', published in Design Studies Magazine, 2006. In order to analyze academic context for design process this thesis focus on textual production of two authors considered references in the field of design research - Rivka Oxman and Nigel Cross - who are elected by this study as spokespersons of their fields and their scientific communities. This theoretical research was based on an extensive bibliographic survey of intellectual production made by the referenced authors and it considers their texts as narratives and discourses to understand our studied object the digital design process within its social context of their scientific and cultural production. Among the contributions belonging to this study there is one table with some unanswered questions about left over blanks in digital design by Oxman which can function as themes for future research and investigations with regards to digital design model. In addition, another benefit of this study was the presentation of the full translation of the article 'Theory and Design in The First Digital Age' (2006), by Rivka Oxman, which fills a gap in the Brazilian research as there are only a few texts translated about digital design in the academic production.
Palavras-chave: pesquisa acadêmica em projeto;  processo de projeto;  processo de projeto digital;  modelo de projeto digital;  academic design research;  design process;  digital design process;  digital design model
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DESENHO INDUSTRIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Arquitetura e Urbanismo
Programa: Arquitetura e Urbanismo
Citação: STEFANI, Alessandra Márcia de Freitas. Paradigma ou campo: uma análise da produção acadêmica sobre o processo de projeto. 2014. 283 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/485
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/11873
Data de defesa: 20-Ago-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/485/1/Alessandra%20Marcia%20de%20Freitas%20Stefani.pdf
Aparece nas coleções:Arquitetura e Urbanismo - Teses - FAU Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.